quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Maranhão:Governadora anuncia novo secretariado para 2011

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Maranhão: Lista dos Prováveis Secretários do Governo do Estado.

Do Blog do Décio Sá

Rodrigo Comerciário e Luiza Macieira no secretariado de Roseana; veja todos os nomes

(18h40) – A governadora Roseana Sarney anuncia amanhã, às 11h, seu secretariado. O blog divulga agora  relação. Poderá haver pequenas alterações por conta de arrumações de última hora.   

Joaquim Haickel, a grande dúvida
O principal problema que Roseana enfrenta é com a Secretaria de Esportes. A governadora quer o deputado Joaquim Haickel (PMDB) no cargo. Ele, porém, resiste. Até viajou para a Argentina com a família. Só deve retornar no dia 3. Vários amigos estão tentando convencê-lo a aceitar a indicação.  A tendência é que ele aceite a indicação.
Outra confusão se dá na Juventude. O possível secretário é o vereador de Pio XII Assis Filho, ligado ao deputado Roberto Costa (PMDB). No entanto, ele poderá ter como adjuntos alguns desafetos do movimento estudantil. Por conta disso, já tem gente defendendo que a pasta não seja mais dividida e Joaquim Haickel assuma tudo.   
O petista Rodrigo Comerciário vai para Secretaria de Relações Institucionais, a ser criada. Cláudio Azevedo comandará a Agricultura. Outra novidade é o nome Luiza Macieira, mulher do presidente da OAB do Maranhão, Mário Macieira, na relação. Atual adjunta de Direitos Humanos, ela vai assumir o comando da secretaria. O atual titular, Sérgio Tamer, vai para a recém-criada Secretaria de Administração Penitenciária.   
O deputado Pedro Fernandes (PTB) será o secretário de Cidades. Ricardo Guterres vai para a Minas e Energia, que deixará de ser uma secretaria extraordinária.   
O deputado Chico Gomes (DEM) susbstituirá Edmilson Comerciário no Desenvolvimento Social. O deputado Victor Mendes (PV) será o secretário de Meio Ambiente. O ex-deputado Costa Ferreira (PSC) ocupará a Secretaria de Projetos Especiais. O deputado Jura Filho a de Assuntos Estratégicos.   
Os outros nomes já eram conhecidos. Veja a relação dos secretários:   
Sérgio Macedo – Comunicação
Fábio Gondim – Planejamento
Olga Simão – Educação
José Márcio Leite – Saúde
Cláudio Azevedo – Agricultura
Chiquinho Escórcio – Brasília
João Bernardo Bringel – Ciência e Tecnologia
Cláudio Trinchão – Fazenda
Aluísio Mendes – Segurança
Sílvia Frazão – Corregedoria
Maurício Macedo – Indústria e Comércio
Max Barros – Infraestrutura
Ricardo Guterres – Minas e Energia*
Luiza Macieira – Direitos Humanos
Sérgio Tamer – Administração Penitenciária
Coronel Vieira – Casa Militar
Jura Filho – Assuntos Estratégicos
Costa Ferreira – Projetos Especiais
Rodrigo Comerciário – Relações Institucionais
Hildo Rocha – Articulação Política
Claudete Ribeiro – Igualdade Racial
Pedro Fernandes -Cidades
José Antonio Helluy – Trabalho
Tadeu Palácio – Turismo
Chico Gomes – Desenvolvimento Social
Luiz Bulcão – Cultura
Catharina Bacelar – Mulher
Conceição Andrade – Desenvolvimento Agrário
Joaquim Haickel – Esporte*Assis Filho – Juventude*Luiz Carlos Fossati – Emap
  
* Em definição.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

RCC FARÁ FESTA DA VIRADA DO ANO NO ARAÇAGY!

POR VIRGÍNIA DINIZ:

VIRADA DO ANO COM JESUS no Litoral

As festas de fim de ano têm como característica levarem sempre mensagens de Boa Nova, esperança, alegria, paz, desejo de felicidade e prosperidade às pessoas. É um período em que muito se tem para agradecer e entregar nas mãos de Deus. Afinal, mais um ano se aproxima e com ele projetos que desejamos que aconteçam também.

 É também um momento festivo e bonito, onde os diversos credos, à sua maneira, realizam manifestações de fé e gratidão a Deus, na certeza de que todas as coisas que conseguiram e que irão alcançar vêm e virão das Mãos do Criador.

Celebrar esta data contemplando as belezas naturais é uma ótima fonte de inspiração para o louvor que brota no coração do homem. Por isso, é comum vermos nas cidades litorâneas do país a reunião de fiéis e pessoas espiritualizadas para celebram este ritual de passagem.  Na capital maranhense não é diferente, há 11 anos a Renovação Carismática Católica (RCC) da Arquidiocese de São Luís celebra a VIRADA DO ANO COM JESUS.  Na programação as famílias se reúnem para momentos de louvor, shows com atrações nacionais e locais, missa de Ação de Graças celebrada pelo Arcebispo de São Luís e o tradicional show pirotécnico. Porém, nesse ano, uma novidade chega ao cenário ludovicense: JESUS NO LITORAL (JNL). O JNL é um projeto missionário da RCC Brasil, realizado através do Ministério Jovem. 

O projeto já foi lançado em algumas capitais litorâneas brasileiras e tem como objetivo realizar através de uma programação que envolve atividades esportivas, ação social, atividades culturais e evangelização , uma oportunidade para a população da região tornar não somente o  ano vindouro diferente, mas a vida como um todo. Afinal, se Jesus está no Ele que é  fonte nosso Litoral, Ele, que é a fonte da felicidade almejada por todos os homens e mulheres de boa vontade, também estará em nossa cidade e vida.

Esta é a 1ª edição do projeto no Maranhão, que acontecerá no período de final de ano, a exemplo do que acontece pelo Brasil, período de férias em que muitas pessoas aproveitam para curtir o litoral. A expectativa são de 200 missionários do amor, mensageiros de boas novas, vindos de várias cidades do Maranhão, que levarão a Boa Notícia à orla de São Luís.

A praia do Araçagy, no município de São José de Ribamar, será o ponto central das atividades e será  tomada por uma Nova Onda, a VIRADA DO ANO COM JESUS no Litoral! Para animar a noite do dia 31 de dezembro, o grupo piauiense Oz Piradinhos. Ainda na praia do Araçagy, além do louvor com bandas locais, haverá uma tradicional missa presidida pelo Arcebispo de São Luís, Dom José Belisário.

A festa promete ser linda e revolucionária no Amor. O convite é para os que estão no movimento carismático católico, mas também para todos que desejam passar uma Virada do Ano diferente. Essa Onda quer  invadir o litoral dos corações e levá-los despejarem-se no Oceano do Amor de Deus, fonte inesgotável da felicidade!

Desde já, desejamos e sabemos que seu ano será Novo porque será repleto da Boa Notícia!

                          
O QUE? VIRADA DO ANO COM JESUS e Jesus no Litoral – Uma Virada Radical
QUANDO? 29, 30, 31 de dezembro e 01 de janeiro.
29 – 31/ dez, Jesus no Litoral, uma Virada Radical – Araçagy e Av. Litorânea.
31 de dezembro e 01 de janeiro, Virada do Ano com Jesus – Araçagy.
ONDE? Praia do Araçagy, em frente a barraca Ponto X
QUE HORAS?
29 a 31 de dezembro, 8h – 20h (acompanhar programação pelo site Jesus no Litoral Maranhão)
31 de dezembro: a partir das 20h, louvor; 22h Santa Missa – Festa da Mãe de Deus; 00h, show de Fogos e após queima de fogos, show com bandas locais e Oz Piradinhos, sem horário para acabar até o dia 01 de janeiro.
ENTRADA FRANCA

MAIS INFORMAÇÕES:
Associação Cristo Rei, Av. 04, nº 100 – Angelim , em frente a Praça do Viva Angelim. Fones: (98) 3246 7870/ 8124 8686. Secretária Márcia Serra


Agendamento de entrevistas:
Virgínia Diniz, coord. Ministério da Comunicação Social – RCC, São Luís 8856 2821/ 8148 3366

Acompanhe pelo: www.rccsaoluisma.com.br ou  www.twitter.com/rccsaoluisma 

domingo, 26 de dezembro de 2010

IRMÃ DULCE SERÁ BEATIFICADA EM MAIO NA BAHIA.

Santa
Cerimônia de homenagem a Irmã Dulce ocorrerá em maio, na capital da Bahia 
O comando da cerimônia ficará por conta do padre Manoel Filho — o mesmo responsável pela beatificação de Irmã Lindalva, em 2007.


Correio Braziliense 


Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes, a Irmã Dulce, será finalmente beatificada, em 22 de maio, em uma missa em Salvador. A data foi divulgada ontem pela Arquidiocese da capital baiana. O título é o último passo antes da canonização. A religiosa baiana, morta há 18 anos, teve um milagre reconhecido e por isso o papa Bento XVI assinou, no último dia 10, o decreto de beatificação. A missa será no Parque de Exposições de Salvador. O comando da cerimônia ficará por conta do padre Manoel Filho — o mesmo responsável pela beatificação de Irmã Lindalva, em 2007.

O processo de beatificação de Irmã Dulce teve início em 2000 e somente dois anos depois foi levado para análise do Vaticano. Em 2003, veio o reconhecimento jurídico sobre o milagre atribuído à religiosa. Conhecida por suas obras de caridade e assistência ao pobres, o Anjo bom da Bahia, como ela era conhecida, entrou na Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição, em Sergipe, aos 18 anos. O milagre atribuído à religiosa aconteceu em 2001. Ela teria salvado uma mulher no interior da Bahia, que agonizava por 18 horas. Sofrendo com hemorragias depois do parto do filho, ela teria sido assistida por Irmã Dulce, a pedido de um padre chamado às pressas pela família.
Milagre

Segundo o arcebispo primaz do Brasil, dom Geraldo Majella Agnelo, uma comissão de médicos e especialistas examinou a fundo o caso e concluíram que a cura não poderia ser explicada pela medicina. Irmã Dulce morreu em 13 de março de 1992, aos 77 anos.

22 de maio


Data marcada para a cerimônia de beatificação de Irmã Dulce 


quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

NOMEADO NOVO BISPO AUXILIAR DE SÃO LUÍS-MA!


Por Virginia Diniz 
        Ministério da Comunicação Social 
        RCC - São Luís/MA

 HABEMUS BISPO!

Nomeado novo bispo auxiliar da Arquidiocese de São Luís...

Depois de um longo período de espera, na manhã desta quarta-feira, 22 de dezembro, às vésperas do Natal, foi anunciado pelo Santo Padre o Papa o nome do novo bispo auxiliar da Arquidiocese de São Luís do Maranhão.

Dom José Carlos Chacorowski, CM, Congregação da Missão, é natural de Curitiba(PR) e nasceu no dia 26 de dezembro de 1956.

Jovem, com apenas 54 anos, Dom José Carlos teve a alegria de ter sido ordenado no dia 02 de junho de 1980, pelo Papa João Paulo II, por ocasião de sua visita ao Brasil.

Acumula em seus poucos anos de vida, muita experiência como missionário:

1-     Professor no Seminário Diocesano da Diocese de Palmas, Paraná, 1981.
2-     Missionário Ad Gentes para o Zaire (hoje República Democrática do
Congo) em janeiro de 1982, onde passou 5 anos, volto após para o Brasil.
3-     Em 1988, trabalhou na equipe da Pastoral Rodoviária, onde ficou até o
ano de 1996.
4-     Entre os anos de 1996 e 2005, foi Diretor Provincial das Filhas da
Caridade da Província de Curitiba.
5-     Exerceu a missão de pároco na Paróquia do Senhor Bom Jesus dos Perdões

em Guaraqueçaba, Diocese de Paranaguá, PR, entre os anos de 2005-2009.
6- Ainda em 2009, foi nomeado Diretor das Filhas da Caridade da Província
do Amazônia, no dia 07 de junho, onde permance até hoje, 21/12/2010,
ocasião de sua nomeação para bispo auxiliar na Arquidiocese de São Luís do Maranhão.

Não existe ainda uma data prevista para sua sagração ou cerimônia de posse, mas as mesma deverão acontecer nos próximos 3 meses.

Obs: Republicado as 15:45h com correções.








BISPO PROTESTA CONTRA AUMENTO SALARIAL DE PARLAMENTARES

Rosa Costa - O Estado de S.Paulo

Na primeira entrega da Comenda de Direitos Humanos D. Hélder Câmara, oferecida pelo Senado a personalidades de destaque na área, os parlamentares viram o bispo emérito de Limoeiro (CE), d. Manuel Edmilson da Cruz, não só recusar a homenagem como ouviram sermões pelo reajuste dos próprios salários em 61,8%, aprovado na semana passada.

O religioso comparou o aumento a "um atentado, uma afronta ao povo brasileiro, ao cidadão, ao contribuinte e a todos aqueles que contribuem com o trabalho, a dignidade e o suor do rosto". E da tribuna d. Manuel anunciou aos senadores: "Só me resta uma atitude: recusar a comenda, porque senão estaria procedendo contra os direitos humanos e este momento perderia todo o sentido histórico", afirmou. Para d. Manuel, a comenda não representa a pessoa do "cearense maior que foi d. Hélder Câmara", e sim "desfigura-a".

O bispo não parou por aí. Fez um jogo de palavras para criticar a atitude de deputados e senadores. "Quem assim procedeu não é parlamentar, é para lamentar."

A entrega da comenda coincidiu com a publicação no Diário Oficial da União do decreto legislativo que também reajusta os salários do presidente da República, vice-presidente e ministros de Estado.

Vazio. A premiação seria concedida a quatro personalidades, mas, além da recusa do bispo de Limoeiro, dois outros homenageados - o ex-bispo de São Felix do Araguaia, em Mato Grosso, d. Pedro Casaldáliga, e o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ) - não compareceram à solenidade e enviaram representantes em seu lugar. Num plenário esvaziado, os defensores públicos Wagner Giron de La Torre e Antonio Roberto Cardoso foram os únicos homenageados presentes.

O senador José Nery (PSOL-PA) disse entender o "gesto, o grito" de d. Manuel, mas avaliou que isso não invalida a iniciativa do Senado de conceder um prêmio a pessoas que defendem os direitos humanos.

NOTA DE FALECIMENTO: ALCINA FERREIRA

Amados irmãos e irmãs da RCC, paz!

O Ministério da Comunicação Social da RCC, vem através desta nota,
comunicar o falecimento da senhora Alcina Ferreira, uma das pioneiras do
movimento carismático em São Luís.

Dona Alcina faleceu na noite desta terça-feira, dia 21 de dezembro.
Lembramos a importância de todos estarem presentes durante as exéquias
desta irmã que tanto ajudou a obra do Senhor e não mediu esforços,
sacrifícios e dedicação para isso.

Que o Senhor perdoe seus pecados e a conduza à vida eterna.

Coloquemos o nome de Alcina Ferreira em nossas orações, pois a mesma,
assim como Miécio e Dona Diná nos precedem no Reino e, com certeza,
intercedem por nós. Amém.

Virgínia Diniz
MCS - RCC - São Luís - MA

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

As tribulações do matrimônio. Novos informes revelam tendências preocupantes.



Por padre John Flynn, L.C. 
ROMA, terça-feira, 21 de dezembro de 2010  – Um relatório recém-publicado mostra que a classe média está sofrendo um aumento no número de divórcios e mães solteiras, e que os problemas matrimoniais não se limitam às pessoas com níveis mais baixos de educação e renda.
A edição 2010 de The State of Our Unions, “When Marriage Disappears: The Retreat from Marriage in Middle America” (A situação de nossos casamentos, “quando desaparece o matrimônio: o afastamento do matrimônio por parte da América do Norte média”) foi publicada a 29 de novembro. 
O documento trata-se de um esforço conjunto do National Marriage Project da Universidade de Virginia e do Center for Marriage and Families del Institute for American Values.
O informe revela que o matrimônio só é estável entre as pessoas de uma alta educação e alta renda e, de fato, o casamento parece ter-se fortalecido entre os mais ricos.
No informe se definia o norte-americano médio como alguém que terminou o estudo regular mas carece de título universitário. Este grupo constitui 58% da população adulta. Aqueles com formação universitária somam 30%. Os restantes 12% constituem os que não terminaram o ensino regular.
Entre as mudanças destacadas, o relatório apresenta:
– No início dos anos 80, apenas 2% das crianças nascidas fora do casamento eram de mães com uma educação alta, em comparação com 13% de crianças de mães com uma educação média e 33% de crianças nascidas de mães com pouco estudo. Neste final de década, a porcentagem de crianças nascidas fora do matrimônio para as mães com estudos universitários era de 6%. Os outros dois grupos experimentaram um aumento, até 44% para as mães com uma educação média, e até 54% para as com pouco estudo.
– A porcentagem de adultos em idade de trabalhar com uma educação média que permaneciam casados em seu primeiro matrimônio caiu de 73% os anos 70 para 45% nesta década. Isso se deve comparar com a queda de 17 pontos no mesmo período entre os adultos com estudos universitários e, de 28 pontos, entre os adultos com pouco estudo. O que chama fortemente a atenção – observa o informe – é que os norte-americanos com estudo médio e com estudo universitário dos anos 70 muito provavelmente estavam casados; agora, quando se trata das probabilidades de estar em um matrimônio unido, é mais provável que o norte-americano com estudo médio se aproxime do que não tem estudo.
– É cada vez mais provável que os norte-americanos com estudo médio convivam em uma união de fato em vez de se casar. De 1988 até agora, a porcentagem de mulheres entre 25 e 44 anos que tinham vivido nessas uniões subiu 29 pontos para as que tinham estudo médio – ligeiramente acima dos 24 pontos daquelas com ponto estudo. Durante o mesmo período, as uniões de fato subiram 15 pontos entre as mulheres que tinham estudos universitários. Quando se trata de uniões de fato, de novo, o norte-americano com estudo médio se comporta de modo mais parecido ao norte-americano com pouco estudo.
– O aumento de divórcios e da educação dos filhos fora do casamento, nas comunidades de classe baixa e classe média por toda América do Norte, deu como resultado que cada vez mais crianças em tais situações vivam em lares onde não estão seus pais biológicos ou acabem vivendo em lares de adoção, sobretudo se forem comparadas com as crianças de lares com mais renda e educação.
Mudanças culturais
Segundo o informe, três mudanças culturais tiveram um papel chave no enfraquecimento do matrimônio entre os norte-americanos da classe média. A primeira é uma mudança sobre este tema, ao passar de ser socialmente conservadores, quanto ao matrimônio, para mais permissivos.
A segunda é que é mais provável que estes note-americanos adotem comportamentos que coloquem em perigo suas perspectivas matrimoniais futuras. Isso inclui práticas como um maior número de parceiros sexuais e mais infidelidade matrimonial.
A terceira mudança cultural é que os norte-americanos com uma educação média cada vez se parecem menos com quem tem estudo universitário, na hora de abraçar valores tradicionais.
O informe examina depois algumas outras mudanças culturais, como a queda na prática religiosa e o aumento do desejo de uma “alma gêmea”, o que faz que o nível para aceitar se casar esteja mais alto que antes. Resumindo o efeito dessas transformações, os autores concluíam: “Um problema relacionado com este novo modelo é que se quebrou o nexo normativo entre sexo, paternidade e casamento”.
Por que deveríamos estar preocupados com essas mudanças no matrimônio, questiona o informe. “O casamento não é simplesmente um acordo privado entre duas pessoas”. “É uma instituição social básica, que ajuda a assegurar o bem-estar econômico, social e emocional de inumeráveis crianças, mulheres e homens desta nação”.
O afastamento do casamento por parte do norte-americano de estudo médio significa que a vida das mães se tornou mais dura e que os pais têm-se separado de suas famílias. O informe acrescenta que também tem como resultados problemas para os filhos, com um maior número de abandonos na educação secundária e uma perda de seu caminho na sociedade.
Se o matrimônio converte-se em algo ao qual só podem aspirar os que já estão acima na escala sócio-econômica, acontecerá, então, uma divisão social e cultural, adverte o informe. “O casamento corre o risco de se converter em um bem de luxo, acessível só a quem tem os meios materiais e culturais para obtê-lo”, indicam os autores.
“Isso ameaça a experiência democrática norte-americana e deveria preocupar todo líder cívico e social de nossa nação”, advertem.
Proteção do bem comum
Os líderes religiosos também se mostraram preocupados pelo que está ocorrendo com o casamento. No dia 6 de dezembro, foi divulgada a carta aberta The Protection of Marriage: A Shared Commitment (A proteção do matrimônio: um compromisso compartilhado). Uma nota de imprensa da Conferência Episcopal dos EUA explicava que os líderes das comunidades anglicana, batista, católica, evangélica, luterana, mórmon, ortodoxa, pentecostal e sikh nos EUA afirmavam a importância de preservar o significado único do casamento.
“O amplo consenso refletido nesta carta das grandes denominações religiosas está claro: a lei do matrimônio não tenta impor a religião a ninguém, mas proteger o bem comum de todos”, afirmava o arcebispo de Nova York, Timothy Dolan.
“O casamento é uma instituição fundamental para o bem-estar de toda sociedade, não só das comunidades religiosas”, afirma a carta.
A carta é só o último passo de uma série de medidas da Conferência Episcopal norte-americana para defender o matrimônio. Respaldar o casamento é o principal dos cinco objetivos propostos pelos bispos como prioridades pastorais para o próximo ano.
Uma das formas de fazer isso é através do site Marriage: Unique for a Reason (http://www.usccb.og/marriageuniqueforareason/). A página na internet oferece materiais para a educação dos católicos sobre por que o matrimônio deve se promover e proteger como a união de um homem e uma mulher. 
Consciência da sociedade
O Papa Bento XVI também expressou sua preocupação com a ruptura da família e da vida matrimonial. “A Igreja vê com preocupação o cada vez maior esforço para eliminar o conceito cristão do matrimônio e da família da consciência da sociedade”, afirmava no dia 13 de setembro, ao receber o novo embaixador da Alemanha na Santa Sé.
Nas semanas posteriores, o Papa repetiu que se deveria defender a família e o casamento, em seus discursos aos embaixadores da Costa Rica, Equador, Colômbia e El Salvador.
No dia 2 de dezembro, ele falou de forma mais taxativa, em seu discurso ao novo embaixador da Hungria.
“A Europa não seria já a Europa se a célula básica da construção social desaparecesse ou se transformasse de modo substancial”, disse, referindo-se ao casamento.
O matrimônio se deteriora devido à facilidade do divórcio, à coabitação antes do casamento e a introdução de novos tipos de união que “não têm fundamento algum na história da cultura e do direito na Europa”, dizia o Papa. Palavras que se poderiam aplicar não só à Europa, mas também a muitas outras partes do mundo.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Mensagem do papa Bento XVI para o 44º Dia Mundial da Paz.

Do Blog da cnbb

papabentoxvi_assinaO papa Bento XVI divulgou sua mensagem para o 44º Dia Mundial da Paz, celebrado no próximo dia 1º de janeiro de 2011. “NO INÍCIO DE UM ANO NOVO, desejo fazer chegar a todos e cada um os meus votos: votos de serenidade e prosperidade”, diz o pontífice logo na introdução do texto. Bento XVI lembra momentos tristes, como o “ataque contra a catedral siro-católica de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Bagdá, onde, no dia 31 de outubro, foram assassinados dois sacerdotes e mais de cinquenta fiéis, quando se encontravam reunidos para a celebração da Santa Missa”. Toda a mensagem do papa está imbuída na liberdade religiosa. Ele destaca o tema como origem da liberdade moral. “A abertura à verdade e ao bem, a abertura a Deus, radicada na natureza humana, confere plena dignidade a cada um dos seres humanos e é garante do respeito pleno e recíproco entre as pessoas”.

Leia mensagem na íntegra